Ficha de trabalho : Fukushima

Aceder a este documento em PDF
Assunto : Catástrofes.

Acidente nuclear de Fukushima Daiichi 


O Japão situa-se numa zona onde as placas tectónicas se encontram e por isso onde é previsível a ocorrência de sismos de grande intensidade com todas as consequências daí derivadas. As autoridades levam muito a sério este risco e educam os cidadãos para poderem reagir e sobreviver a estas catástrofes.
Localização da central nuclear de Fukushima e do epicentro do sismo.
Fonte : http://informacaoincorrecta.blogspot.pt/

No entanto o sismo do dia 11 de março de 2011 provocou um acidente na central nuclear de Fukushima (Japão) foi devido a falhas em vários equipamentos. A central nuclear era formada por 6 reatores e 3 deles tinam sido fechados para manutenção antes do terramoto. Os três reatores que ainda se encontravam em funcionamento foram automaticamente desligados após o sismo.
A central, que se situa junto ao mar, estava protegida por um dique projectado para resistir a maremotos de cerca de 5 metros de altura mas a onda gerada pelo sismo tinha 14 metros! A onda ultrapassou, com facilidade, o dique e inundou a central nuclear desativando os geradores de emergência o que fez superaquecer os reatores e assim iniciar a catástrofe.
Os danos causados pela inundação e pelo terramoto impediram a chegada da ajuda necessária.
A catástrofe obrigou à evacuação  de cerca de 110 mil pessoas  que viviam num raio de 20 km centrado na central nuclear.
Distribuição mundial dos epicentros de sismos maiores ou iguais a 5 na escala de Richter.
Fonte : TEIXEIRA, Wilson et al. Decifrando a Terra. S. Paulo: Companhia Editora Nacional, 2009.

Medições realizadas por autoridades competente apresentam elevados níveis de césio radioactivo em zonas situadas a cerca de 50 km da central oq eu obrigou à proibição de venda dos alimentos produzidos na zona afetada assim como  foram alertadas as populações para não usarem a água da torneira para preparar alimentos para crianças.
Os trabalhadores foram internados devido à elevada exposição à radiação.
O governo japonês foi criticado por” má comunicação com o público” e “esforços de limpeza improvisados” atendendo a que os especialistas dizem que a limpeza levaria anos ou décadas.
A radiação atingiu o oceano pacífico devido às águas usadas para o arrefecimento do combustível nuclear que foram despejadas no oceano. Diz-se que diariamente eram produzidas cerca de 400 toneladas (400 000 litros)  dessa água.
Em 2013 continuavam a ocorrer os vazamentos de material radioactivo no oceano pacífico.


1-      Qual foi a causa do acidente de Fukushima Daiichi?
2-      Quais as consequências do acidente?
3-      Atendendo à localização do japão e aos acidentes nucleares já conhecidos (por ex. Chernobil, 1986,  e Three Mile Island, 1979)  considera que foram tomadas todas as medidas de prevenção para evitar esta catástrofe? Justifique
4-      Que medidas podiam ter sido tomadas para evitar esta catástrofe?.
5-      Calcule o número de litros de água contaminada lançados no pacífico.

6-      Sabendo que a radioactividade desaparece muito lentamente e se pode acumular ao longo das cadeias alimentares , que consequências, prevê  para os ecossistemas?

Sem comentários:

Enviar um comentário