Catátrofes naturais : Meteoritos

Catástrofes naturais :  Cometas e meteoritos


Meteorito que eliminou dinossauros
extinguiu 83 por cento
de lagartos e serpentes
Só os pequenos animais com uma ampla distribuição geográfica
sobreviveram neste período

2012-12-12

Já estudos anteriores sugeriam que numerosas espécies animais e vegetais tinham desaparecido depois da queda do meteorito, no período final do Cretáceo. Esta investigação apresenta evidências de que o impacto teve consequências ainda mais graves do que se pensava.
O estudo assinala a percentagem de espécies desaparecidas devido à colisão e acrescenta que quanto maior era a criatura, mais provável seria a sua extinção. A prova é que nenhuma das espécies sobreviventes pesava mais do que cinco quilogramas.
Só os pequenos animais com uma ampla distribuição geográfica sobreviveram neste período. Só passados 10 milhões de anos – já no final do Paleoceno e durante o Eoceno – é que o nível de variedade de espécies voltou a ser o mesmo.
                                                                                                                   ( Fonte : http://www.cienciahoje.pt)

Meteoro extinguiu  os dinossauros, diz maior estudo sobre o tema
… o asteróide tinha dez mil metros de diâmetro e atingiu a Terra a uma velocidade de cerca de 20 quilómetros por segundo.
… O impacto teria ocorrido na região da península de Yucatán e teria liberado um milhão de vezes mais energia do que qualquer bomba atómica testada. Dados analisados de imagens de satélite indicam que a cratera de Chicxulub, que tem 200 quilómetros de diâmetro, seria o local exato do impacto.
… Segundo os pesquisadores, o impacto liberou grandes quantidades de água, poeira, gases e cinzas, o que teria bloqueado a luz solar e o consequente arrefecimento da Terra.
...Ainda de acordo com os cientistas, a grande quantidade de enxofre liberada pela colisão contribuiu para a formação de chuvas ácidas na terra e nos oceanos e também teria tido um efeito na diminuição da temperatura.
… "O impacto de Chicxulub provocou uma perturbação extremamente rápida dos ecossistemas da Terra, numa escala maior do que qualquer outro impacto conhecido desde que a vida surgiu na Terra", disse Sean Gullick, um dos autores do estudo.
… Além dessas consequências, os cientistas ainda fizeram simulações em laboratório e revisões de estudos anteriores para afirmar que o impacto do asteróide ainda teria causado terremotos, tsunamis e incêndios.
… "Essas ondas causaram uma destruição massiva no fundo do mar"...
… De acordo com os cientistas, além de ter provocado a extinção dos dinossauros, a colisão causou o desaparecimento de cerca de 70% de todas as espécies que habitavam a Terra na época.
                                                                          ( Fonte : http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/2010/03/100304_dinossauro_extincao_np.shtml)


  • A partir do texto justifica a afirmação:


            “ as catástrofes naturais  podem ocasionar graves prejuízos para os ecossistemas”.

        Segundo o texto a queda do  meteorito que eliminou  os dinossauros e  extinguiu 83 por cento das espécies  de lagartos e serpentes.
  • Podemos considerar que os ecossistemas recuperaram?

             Sim, mas só passados 10 milhões de anos é que o nível de variedade de espécies voltou a ser idêntico ao que existia antes da catástrofe.  


Sem comentários:

Enviar um comentário